AYURVEDA – conCIÊNCIA e longeVIDAde

Ayurveda é o nome dado a sabedoria de vida surgida no subcontinente indiano há cerca de 7 mil anos. Em sânscrito Ayur significa vida/longevidade e Veda ciência/conhecimento/sabedoria .

Hoje é conhecida como a medicina tradicional indiana. Porém ela é muito mais que uma medicina indiana, é uma sabedoria perene, conhecimento empírico universal, que pela observação dos princípios, leis e elementos da natureza é capaz de desvendar os mistérios da vida, nos seus diferentes sujeitos e diversos aspectos. Assim, pode ser utilizada com as plantas (agricultura), os animais (veterinária), os seres humanos (medicina)…

Alguns estudiosos de Ayurveda diferenciam o que é e o que não é Ayurveda pelo que está ou não está escrito nos Tratados Clássicos de Ayurveda. Isso é um erro, é mortificar um conhecimento que como o próprio nome diz é sabedoria viva.

Ayurveda é aquela sabedoria empírica que os antigos tinham, que é comprovada simplesmente pela observação ao longo do tempo (gerações), que é natural. Perdida e taxada como “crendice”, em razão daquela época não se conseguir explicar através dos termos e elementos da ciência ocidental. Porém, hoje através da física quântica e da evolução da ciência pesquisas começam a comprovar o que era certo tradicionalmente.

Mas o que diferencia a Ayurveda de outras “sabedorias de vida” é o modo de observação, para a Ayurveda tudo no universo é formado por 5 elementos básicos da natureza, chamados panchamaha-bhutas, são eles: espaço ou éter, ar, fogo, água e terra; sendo o Homem um microcosmo do Universo (macrocosmo). Assim como é o macrocosmo é o microcosmo.

Os elementos se unem dois a dois para formar os 3 doshas (humores biológicos) que atuam na nossa fisiologia assim como na formação dos desequilíbrios psicofísicos. Espaço e ar formam o dosha Vata, fogo e água geram o dosha Pitta e água e terra formam o dosha Kapha.

Tudo na vida pode ser observado através dos 3 doshas, como a constituição de um organismo, as fases da vida, etc.

O dosha Vata (Vento), constituido dos elementos espaço e ar, é frio, leve, seco, móvel e rápido, no ser humano atua principalmente nas funções excretória e nervosa. No tubo digestivo localiza-se no intestino grosso. Vata desequilibrado ou patológico gera um quadro clínico relacionado ao aumento de espaço e ar (movimento) no nosso corpo físico: secura, frio, perda de peso, inquietação, gases, prisão de ventre, ansiedade, medos, depressão e insônia. Algumas doenças relacionadas ao dosha Vata: fibromialgia, artrose, dores em geral, problemas de coluna, cefaléia, constipação, flatulência, colite, síndrome do intestino irritado, síndrome bipolar, doença de Parkinson, demência senil.

O dosha Pitta, Fogo e água, é quente, moderado e oleoso (úmido), atua principalmente na função metabólica e digestiva. No tubo digestivo localiza-se no estômago e duodeno ( intestino delgado). Pitta desequilibrado ou patológico promove um quadro clínico relacionado ao aumento de fogo e água ( calor e umidade) no nosso corpo físico: azia, queimação abdominal, fezes moles, calor no corpo, aumento da sudorese (suor), pele sensível e vermelha, olhos vermelhos, irritabilidade e agressividade. Algumas doenças que podem estar relacionadas ao dosha Pitta: gastrite, ulcera digestiva, regurgitação, diarréia, hepatite, inflamações, acne, crises de fúria e ciúmes, climatério e menopausa, enxaqueca e estresse exacerbado.

O dosha Kapha, água e terra, é pesado, oleoso (úmido), frio e lento, atua na função estrutural e de lubrificação dos tecidos. Kapha desarmônico ou patológico gera um quadro clínico relacionado ao aumento de água e terra no nosso corpo físico: peso corporal aumentado, lentidão, preguiça, oleosidade, secreções, embotamento mental. As doenças que podem estar relacionadas ao dosha Kapha: obesidade, diabetes, aumento do colesterol, bronquite, sinusite, tosse com secreção, alergias respiratórias, lentidão em todas as funções físicas e mentais e apego exacerbado.

Para tratarmos os nossos desequilíbrios temos que antes reconhecer o dosha ou os doshas que estão em desarmonia (diagnóstico do desequilíbrio). Como ferramentas e meios terapêuticos para reequilibrar os doshas a medicina ayurvédica normalmente mais utiliza: massagem ayurvédica, óleos medicinais, dieta/alimentação, rotina diária de hábitos saudáveis, oleação e sudação (purvakarma), fitoterapia (uso terapêutico das plantas medicinais), terapias purificadoras (panchakarma), recomendação de atividade física, prática de yoga e meditação.

A Ayurveda nasceu da necessidade humana de se harmonizar com a natureza, sendo inclusive uma ótima ferramenta para nos mantermos presentes no aqui e agora em equilíbrio, pois observando o ambiente onde estamos, clima, temperatura, umidade, estação do ano, fase da lua, dia ou noite, e nós mesmo internamente, podemos perceber quais elementos estão sobressaindo e então tomar medidas para nos harmonizar com o meio, como o simples vestir de um casaco quando se está frio.

Um sábio  em sua obra denominada  Astanga Hrdayam, o coração dos 8 ramos da Medicina Ayurvédica, que é um compêndio em versos, escrito no século VI ou VII da nossa era, com 120 capítulos, resume todo este conhecimento no seguinte verso:

Aquele que satisfaz-se diariamente com alimentos e atividades saudáveis, que discrimina (o bom e ruim em tudo e age sabiamente), que não é apegado (demasiadamente) aos objetos dos sentidos, que desenvolve a caridade como hábito, que considera todos como iguais (agindo com gentileza), com sinceridade, com perdão e mantendo a companhia de pessoas boas somente, torna-se livre de todas as doenças” (Vagbhata, Astanga Hrdayam, tradução de Murthy, 2007: vol I, p 52)

Que tal nos tornarmos livres juntos?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: