Assistir TV e sua “PROGRAMAÇÃO”

O que há por trás do nosso hábito de assistir TV?

Não termos algo melhor e mais interessante para fazer.

Cada vez as pessoas passam mais tempo em frente a TV, almoçam, trabalham e dormem com a TV ligada, são bombardeadas por estímulos visuais e sonoros sem perceber o que tudo isso realmente causa nelas.

Cada vez as pessoas manifestam menos seu amor pelos filhos, esposa(o), pais, irmãs(os) e amigos(as).

Sem perceber as pessoas se viciam a certos tipos de estímulos e emoções, buscam satisfazer suas “necessidades” de entretenimento, esquivando-se insconcientemente da Verdade sobre a situação que se encontram. Nos poucos momentos que se deparam com sua consciência sentem-se infelizes, insatisfeitas ou depressivas, então buscam mais emoções passageiras para satisfazer e sentir uma falsa saciedade. E assim a roda gira entre sofrimento e prazer…

Alimentamo-nos tanto física (sensações), como emocional e intelectualmente. E a dinâmica viciante pode ocorrer em qualquer dimensão dessas, estando todas interligadas. Há muitas pessoas viciadas em certos tipos de emoções e nem percebem. O prazer passageiro pode vir tanto do açúcar ingerido, do estímulo sexual, da emoção que aquela novela desencadeia, das informações “novas” adquiridas dos telejornais… a sensação desencadeia uma emoção que desencadeia um tipo de pensamento… e assim a roda gira…

A mídia se tornou expert na “arte” de estimular as pessoas ao consumismo e a manipular a massa, aproveitam-se das debilitades humanas, da propensão da massa a instintos primários, passando uma falsa imagem de que com aquele produto a vida daquela pessoa irá melhorar ou ser mais prazeirosa. A felicidade duradoura não pode ser comprada, o prazer proporcionado pelo consumismo é limitado.

A questão aqui é como temos alimentado nossa mente?  Que tipo de dados, impressões e estímulos estamos nos alimentando? Disciplinamos nossas escolhas, buscando alimentos/estímulos saudáveis ou nem estamos conscientes que ao fazer algo agora estamos exercendo nosso poder de escolha, optando por determinado alimento/estímulo que causará efeitos de mesma natureza?

Nossa mente possui sua capacidade de digestão assim como nosso estômago. O excesso e tudo que não é bem digerido vira toxina e não é eliminado adequadamente, o que acarretará no surgimento de pensamentos, emoções e ações negativas, que nem sabemos de onde vem. Quem aqui nunca se deparou com pensamentos estranhos em sua mente e se questionou pq eu estou tendo esse tipo de pensamento? Um pensamento ou emoção de medo/insegurança, por exemplo, são constantemente implantados em nossas mentes.

Podemos nos condicionar/programar (ou ser programados) a nos alimentar de impressões/estímulos mais pesadas e passageiras, que ofuscam e nos fazem não ser capazes de perceber e sentir as verdades mais sutis e duradouras.

Pois assim é também em relação a compreensão da Verdade, podemos apenas perceber uma verdade aparente (facilmente manipulável e menos abrangente) ou perceber a verdade profunda (dificilmente manipulável e mais abrangente).

Segue um vídeo que mostra um pouco de como a TV pode manipular a nós e a verdade num telejornal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: